Salvador é uma festa o ano todo. O Verão na Bahia, que começa oficialmente no dia 22 de dezembro, é marcado pelas tradicionais festas populares. 

O calendário dos festejos, porém, é aberto antes do início da estação mais quente do ano, com a comemoração do Dia Nacional das Baianas de Acarajé (25 de novembro) e termina só na Quarta-feira de Cinzas. Atualmente, as mais tradicionais são: Bom Jesus dos Navegantes, Lavagem do Bonfim e Iemanjá. 

É preciso ter fôlego e muita energia para curtir tantas festas que atraem turistas baianos, de vários cantos do Brasil e até do mundo. Além de popular, essas festas se caracterizam pelo sincretismo religioso e pela mistura de elementos sagrados e profanos.

Toda a fé do baiano se manifesta no ciclo de festas populares, desde as comemorações dos orixás do candomblé, quando todos os terreiros da cidade batem seus tambores para seus filhos-de-santo dançarem, até as festas da religião católica, que ganham um cunho profano com muito samba-de-roda e barracas padronizadas que servem bebidas e comidas variadas.


O Bahiamar Hotel preparou um calendário para que você fique por dentro das festas populares. Conheça um pouco sobre cada uma delas, veja os dias e os locais onde elas acontecem e divirta-se.

Janeiro


  • 1.º de janeiro – Procissão Nosso Senhor dos Navegantes – 1.ª semana de janeiro – Festa da Lapinha (apresentações de Ternos de Reis e Missa na Paróquia Nossa Senhora da Conceição da Lapinha)
 
  • 6 de janeiro – Festas de Reis
 
  • Lavagem do Bonfim – Festa em Salvador, na Conceição da Praia ao Largo do Bonfim. A tradicional lavagem das escadarias Bonfim é considerada a segunda maior manifestação popular da Bahia, perdendo apenas para o Carnaval. O festejo começa em frente à Igreja da Conceição da Praia e segue com caminhada de 8 km até a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim. 
 
  • Festa da Ribeira – Conhecida por “Segunda-Feira Gorda” é realizada na segunda-feira após a Lavagem do Bonfim dando continuidade ao ciclo de festas populares.
 
  • Festa de São Lázaro – Durante a manifestação, de origem católica, é realizada uma missa, tríduo e procissão pelas ruas do bairro em louvor ao santo. É forte a participação do candomblé, que homenageia Omolu com lavagem da escadaria da igreja de São Lázaro, velas acesas e banho de pipoca.
 

Fevereiro


  • 2 de fevereiro – Festa de Yemanjá – Desde a madrugada, adeptos do candomblé, turistas e devotos formam filas imensas para colocar oferendas e pedidos nos balaios, que ficam na Casa do Peso no Bairro do Rio Vermelho, em Salvador, no fim da tarde, um cortejo com muitas embarcações leva para alto-mar os balaios, carregados de presentes, pentes, espelhos, sabonetes, perfumes, flores, e até joias.
 
  • 5 de fevereiro – Lavagem de Itapuã – A lavagem é feita por baianas vestidas a caráter que levam potes de cerâmica com flores e água de cheiro que lavam a escadaria da igreja de Nossa Senhora da Conceição de Itapuã. A tarde é a vez dos blocos de chão fazerem a festa.
 
  • Carnaval – O Carnaval de Salvador é uma festa popular de rua que é organizada anualmente, que começa seis dias antes da quarta-feira de cinzas ou numa noite de quinta-feira e vai até a quarta-feira de cinzas e ocorre sete domingos antes do domingo de Páscoa. Portanto, pode acontecer até mesmo fora do mês de fevereiro. Com um dos mais concorridos Carnavais do país, Salvador atrai foliões que desfilam dia e noite atrás dos trios elétricos. Três circuitos agitam a cidade: Osmar, o mais tradicional que fica no Campo Grande; Dodô na Barra-Ondina; o Afródromo, dedicado exclusivamente aos blocos afros e afoxés e Batatinha, no Pelourinho com clima de Carnaval de antigamente, que atrai famílias e crianças.
 

Março


  • 29 de março – Aniversário de Salvador – Shows e festas pela cidade.
 

Junho


  • De 1 a 13 de junho – Trezena de Santo Antônio – Tradicional quermesse e festa junina da Bahia.
 
  • 23 a 24 de junho – Festa de São João da Bahia

  • 29 de junho – Festa de São Pedro

Julho


  • 2 de julho – Independência da Bahia 
 

Novembro


  • 25 de novembro – Dia da Baiana do Acarajé - A baiana é uma das figuras típicas mais populares do Brasil. A profissão de baiana de acarajé foi oficializada com o decreto de lei municipal de Salvador. Normalmente, o Dia da Baiana de Acarajé é comemorado no centro histórico de Salvador.
 

Dezembro


  • 2 de dezembro – Dia do Samba

  • 4 de dezembro – Festa de Santa Bárbara – Nas praças e mercados do Centro Histórico é servido o tradicional Caruru.

  • 8 de dezembro – Festa de Nossa Senhora da Conceição da Praia – A festa da padroeira da Bahia é a festa religiosa mais antiga do Brasil, conforme dita a tradição, entre os elementos presentes da procissão estão o andor com a imagem da Conceição da Praia, a imagem de São José a imagem do “menino Jesus”.
 
  • 31 de dezembro – Réveillon em Salvador – O principal evento é a festa da virada em Salvador, que reúne artistas consagrados da música da Bahia.