27/08
O QUE FAZER EM SALVADOR DURANTE A PANDEMIA

 Veio para capital baiana e deseja aproveitar a cidade mesmo em meio à pandemia?

 O Bahiamar Hotel separou algumas sugestões de passeios para você desfrutar Salvador durante a pandemia do Covid-19. Confira:

 

1º DIA

1-      Conhecer o largo das baianas localizado no bairro de Amaralina. Tirar uma foto no monumento do artista plástico, Bel Borba, em homenagem as baianas de acarajé.

 2-      Conhecer o Morro do Cristo, apreciar a paisagem panorâmica e se deslumbrar com a melhor vista do bairro da Barra;

 3-      Visitar o icônico Farol da Barra um dos cartões postais da cidade;

 4-      Conhecer o Dique do Tororó, único manancial natural da cidade e apreciar as esculturas dos orixás, assinadas pelo artista plástico Tatti Moreno. Almoçar no restaurante A Porteira, apreciando a paisagem do local. Sugerimos uma deliciosa carne do Sol com pirão de leite e aipim frito. Preços variam de R$ 90,00 à R$ 170,00, a depender do corte da carne ( Para  02 pessoas).

O restaurante A Porteira funciona de Segunda à quinta feira, das 12h às 16h. Sextas, sábados e domingos, das 12h às 17h.

 5-      Passear na Praça Cairu com sua linda vista do porto de Salvador, visitar o Mercado Modelo e comprar uma lembrança da Bahia. Horário de funcionamento do Mercado Modelo: De segunda a sábado das 10 às 16h.

6-      Subir a colina Sagrada e visitar a Igreja do Senhor do Bonfim. Não se esqueça de comprar a sua fitinha, fazer os seus pedidos ao santo e amarrar no gradil da igreja.

7-      Comer um delicioso acarajé no bairro mais boêmio da cidade, o Rio Vermelho.

Sugerimos conhecer o Tabuleiro das delícias da Baiana Cira, no Largo da Mariquita: Acarajé completo (R$ 11,00), Abará (R$11,00) e como sobremesa conhecer as deliciosas cocada, cocada puxa, cocada de tamarindo e o bolinho de estudante ( R$ 7,00 cada).

 

2º DIA

1-      Passear pela Praça Dois de Julho localizada no bairro Campo Grande. Com suas árvores centenárias, o local abriga o monumento O Caboclo, símbolo da Independência da Bahia;

2-      Seguir até a Praça do grande poeta Castro Alves, aonde aconteciam os melhores encontros de trios elétricos dos antigos carnavais de Salvador.   Toda esta área passou por uma grande reformulação recentemente.

3-      Subir o Elevador Lacerda e contemplar o belíssimo Palácio Rio Branco, a Baía de todos os Santos e o forte de São Marcelo, também conhecido como o Umbigo da Bahia. Enquanto você aprecia tudo isso, a boa pedida é experimentar o Dusty Miller, ou o coco espumante, ou o bolinho da tradicional sorveteria A Cubana. A escolha é sua;

O Elevador Lacerda funciona de segunda a sexta feira, das 07h às 17h00 e aos sábados das 08h às 17h. Domingo fechado. Valor R$ 0,15.

4-      Caminhar até a Praça da Sé, apreciar o memorial das baianas de acarajé e tirar uma foto no monumento da Baiana.

5-      Contemplar a obra da Cruz Caída do artista plástico Mário Cravo Jr;

6-      Caminhar pelo Terreiro de Jesus para conhecer o riquíssimo complexo histórico e arquitetônico, composto por construções icônicas, dentre elas, a Catedral Basílica da Sé, o Colégio de Jesuítas aonde foi instaurada a primeira Faculdade de Medicina do Brasil, a Igreja e Convento do São Francisco com seus azulejos portugueses do século 18 que reproduzem o nascimento de São Francisco e adornados por talhas de madeira moldadas com ouro em pó e símbolos do barroco brasileiro. A Ordem Terceira do Carmo aonde você poderá conhecer uma imagem do Cristo, em tamanho natural com suas duas mil pedras de rubis. Obra esculpida pelo escravo conhecido como "O cabra”. Dentre outras obras.

·         Catedral Basílica de Salvador - Horário de visitação: Segunda a sexta feira, das 08h30 às 12h.  Sábado das 10h às 14h30. Taxa de manutenção: R$ 5,00

 Aos Domingos missa às 10h.

·         Ordem 3ª do Carmo Missa aos domingos das 07h às 17h

·         Igreja e Convento do São Francisco - Visitação todos os dias das 9h às 15h. Taxa de manutenção: R$ 5,00 | Missas às 8h 

7-      Descer a ladeira do Pelourinho aonde foi gravado o famoso clipe do cantor  Michael Jackson. Conhecer o complexo arquitetônico do local: Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Casa do Olodum etc;

 

3º DIA– Praia do Forte

1-      Visitar a Casa da Torre de Garcia D´Ávila. Primeira fortificação portuguesa no Brasil. Considerado o castelo medieval do país. O nome foi dado em homenagem ao braço-direito do então governador-geral Thomé de Souza, que foi quem começou a construir o castelo ainda no Século 16;

2-      Se banhar nas águas da Praia do Papa Gente localizada ao lado do Porto. Costuma ser uma das mais procuradas devido as suas piscinas naturais formadas pelos belos recifes;

3-        Passear na charmosa Vila da Praia do Forte. Uma ótima dica é experimentar o bolinho de peixe, petisco típico da região, na Barraca do Souza;

 

4-      Comer uma moqueca no Restaurante Donana. Horário: Segunda a Sábado, das 11:30 às 22:00. Domingos, das 11:30 às 18:00h.

5-       Conhecer o Projeto Tamar. Famoso pela preservação das tartarugas-marinhas ameaçadas de extinção. Funciona de quarta a domingo das 11h às 17h. Valor: R$28,00 (inteira) e R$ 14,00(meia-entrada)

 

 4º DIA

1-       Alugar uma bicicleta, em frente ao hotel, e percorrer a belíssima orla até o bairro de Itapoã. Com ciclovia em todo o trajeto. Aproveite para tomar uma água de coco geladinha ou um delicioso Açaí quando retornar (No largo do Jardim de Alah de segunda a sábado das 12h às 21h e domingo 12h às 18h. O valor pode variar de R$10,90 a R$27,90 a depender do tamanho e complementos.

2- Escolher uma praia na capital baiana relaxar tomando um banho de mar. Mas fique atento às restrições:

 

  •     São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Amaralina e Itapuã serão reabertas entre terça-feira e sexta-feira;
  •    Porto da Barra, Buracão e Paciência (Rio Vermelho) continuarão interditadas;
  •    As demais serão liberadas de segunda a sexta com horário livre;
  •    Nos feriados e finais de semana as praias permanecem fechadas;

3-      E para fechar o dia, uma ótima opção cultural é conferir a programação do Big Drive-in a menos de 2 km do Bahiamar Hotel.

 

Vale lembrar que todo cuidado é essencial durante os passeios. Sendo assim, o uso de Máscaras de proteção, álcool em gel e manter uma distância mínima de 2 metros entre uma pessoa e outra são os cuidados básicos que todos devemos ter no dia a dia.

  Confira algumas medidas que autoridades estão tomando para desinfectação dos pontos do turístico de Salvador aqui.